[Dica] Resolvendo erro de OpenGL após remover VGA offboard no Linux Mint

Avatar do usuário
marceloleaes
Administrator
Administrator
Mensagens: 1486
Registrado em: 10 Jun 2013 12:45
Localização: Novo Hamburgo
Idade: 38
Contato:
Status: Offline

[Dica] Resolvendo erro de OpenGL após remover VGA offboard no Linux Mint

Mensagem por marceloleaes »

Você precisa remover os drivers da nvidia para que o driver não tente carregar em vez da placa Intel.
Esta situação ocorre ao remover uma VGA offboard e o sistema bootar com a VGA onboard.
Normalmente, nenhuma instalação adicional de drivers é necessária para o driver incorporado da Intel, mas se o driver da nVidia estiver sendo carregado, ele assumirá o controle. Com os comandos abaixo você remove por completo os drivers e instala os necessários para que a VGA onboard funcione. Se ao rodar no console o comando glxinfo | grep OpenGL , e a citação abaixo corresponder, este passo passo resolve seu problema.
glxinfo name of display: :0.0
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Error: couldn't find RGB GLX visual or fbconfig
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Xlib: extension "GLX" missing on display ":0.0".
Comandos necessários para correção:

Código: Selecionar todos

sudo apt-get purge nvidia*
sudo rm /etc/X11/xorg.conf
sudo apt-get install --reinstall xserver-xorg-core libgl1-mesa-glx:i386 libgl1-mesa-dri:i386 libgl1-mesa-glx:amd64 libgl1-mesa-dri:amd64
sudo dpkg-reconfigure xserver-xorg
sudo reboot
Após reinicio sua placa onboard Intel já deve ser devidamente reconhecida.
Espero que seja útil ;)



Voltar para “Desktops”